Um Porto Alegre

 

 

 

 

 

 

UM PORTO ALEGRE

 

Adair Philippsen

 

Venham navegantes,

Venham por esse lago,

Será farol a chaminé

Da usina no costado.

Venham por esse rio,

No olímpico chamado

Do gigante à beira-rio.

Venham por esse delta,

Sua foz a rua da praia,

Praia de belas, esbelta.

Venham pelo estuário,

Guiai-vos pelos acenos

Do açoriano portuário.

Pois venham navegantes,

Lançai âncora nesse cais

Estendam velas em varais,

Sintam quatro estações

Num mesmo e único dia...

Jacarandás, florações,

Parques, sabiás, melodia,

A brisa aguça sentimentos

Toca moinhos de ventos

E o pôr do sol trilegal

Realça o cartão-postal

Com seu pendor ao bis

No seguro porto de Elis,

Que todo navegante elege.

Esse porto tão alegre.

 

 

Tuesday the 20th. Joomla Templates Free.