Auguste de Saint-Hilaire

auguste_saint_hilaire Auguste de Saint-Hilaire botânico, naturalista e viajante francês.  →

Paixão Côrtes por Paixão Côrtes

Paixão Côrtes aos cinco anos de idade Paixão Côrtes, tradicionalista, pesquisador, folclorista, compositor, radialista, cantor, ator. Serviu de modelo para a estátua do laçador, monumento escolhido como símbolo da cidade de Porto Alegre. Na imagem destacada, Paixão Côrtes aos cinco anos de idade.  →

Paixão Côrtes

Paixão Côrtes, tradicionalista, pesquisador, folclorista, compositor, radialista, cantor, ator. Serviu de modelo para a estátua do laçador, monumento escolhido como símbolo da cidade de Porto Alegre  →

Os Cinemas de Rua de Porto Alegre

Os Cinemas de Rua de Porto Alegre Os Cinemas de Rua de Porto Alegre  →

O Cinema chega a Porto Alegre

Primeira sala de cinema de Porto Alegre O FINAL DO SÉCULO XIX No século XIX as conquistas industriais, o progresso da ciência e o avanço no campo das Artes (Literatura, Pintura, Música) fez aparecer nas grandes cidades, nos anos que antecederam a passagem para o século XX,  →

Georges Méliès e Thomas Alva Edison

Georges Méliès e Thomas Alva Edison Georges Méliés e Thomas Alva Edison Um dos mais importantes pioneiros do cinema, Georges Meliés estava na primeira fila do Grand Café, em Paris, para assistir a primeira apresentação pública do cinematógrafo dos irmãos Lumière, em 28 de dezembro de  →

O CINEMATÓGRAFO

O mundo conhece o cinematógrafo  →

O Cinema de Porto Alegre

O Cinema de Porto Alegre Para mostrar um pouco da história do cinema em nossa cidade contamos com a inestimável colaboração do Museu Hipólito José da Costa, na pessoa da Sra. Dra. Carlinda Maria Fischer Mattos1, coordenadora do setor de cinema.  →

Os Irmãos Lumière

Os Irmãos Lumière Os filmes dos Irmãos Lumière “aqueles primeiros filmes feitos por um homem que girava uma simples manivela de um pequeno caixote ainda nos impressionam por sua beleza e nos oferecem um registro vivo de um tempo passado, de uma outra  →

As primeiras imagens

As primeiras manifestações através de imagens O Cinema de Porto Alegre  →